Crise na Rússia aumenta exportações da Baggio Café

Crise na Rússia aumenta exportações da Baggio Café

Bloqueio comercial da Europa e Estados Unidos fez exportações da América Latina para a Rússia aumentar em 25%

A crise na Ucrânia tem provocado uma grande transformação no comércio internacional. União Europeia e Estados Unidos impuseram uma série de restrições para as exportações à Rússia, o que tem feito a nação comprar mais dos países da América Latina. Estima-se que as exportações para o mercado russo tenham aumentado em 25% até julho. Neste cenário, a exportação de café para o país vem crescendo. Quem nota isso é a Baggio Café, empresa centenária no cultivo do grãos, que fechou uma parceria para distribuição de seus produtos no mercado local.

Segundo a diretora comercial da Baggio Café, Liana Baggio Ometto, o consumo de café na Rússia tem crescido de maneira firme ano a ano. E o café gourmet é o que mais tem ganhado espaço. “Em setembro estive presente na feira Moscow Food 2014 e pude notar que os russos estão começando a apreciar um bom café e, gradativamente, começam a substituir o chá e o café instantâneo”, afirma.

Embora a demanda ainda seja tímida, esse é um setor em franca expansão no país. Para se firmar na região, a Baggio Café optou por estabelecer uma parceria com um distribuidor local. O fornecimento de cafés torrados vai atender a demanda do food service, escritórios, cafeterias e restaurantes. Até o momento, a empresa já exportou cerca de quatro toneladas entre cafés torrados em grãos e moídos.

Para Liana, essa exportação é o início de uma longa parceria que promete ser proveitosa para ambos os lados. “Nossa expectativa é que no futuro, a Baggio Café forneça blends exclusivos com marcas próprias para atender os restaurantes e as cafeterias russas. Já a marca Baggio Café deve continuar atendendo o food service”, esclarece a diretora.

Deixe um comentário

Voltar a Blog