Baggio Café terá distribuição no Texas

Promover o café brasileiro no exterior tem sido uma das prioridades da ABIC (Associação Brasileira da Indústria de Café) em parceria com a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos). Juntas, as associações conquistaram um importante comprador para os cafés da Baggio, a Central Market, rede norte americana de lojas de produtos finos e sofisticados do Texas, nos Estados Unidos.

Entre os dias 24 de abril a 7 de maio a rede irá comercializar todos os produtos da marca. A seleção da empresa teve início há um ano, com a vinda ao país de um grupo de profissionais de compra da Central Market. “Eles são extremamente curiosos e atentos a tudo”, diz Christian Santiago e Silva, promotor comercial do programa exportador da ABIC. Além de degustarem várias marcas, eles quiseram conhecer também a produção na lavoura, e por isso visitaram, além da indústria, as fazendas de café da Baggio. 

Há alguns anos a Central Market estabeleceu como estratégia a escolha de um país-tema para suas promoções. Já foram escolhidos países como Argentina, Espanha e França e, este ano, é a vez do Brasil. Para a promoção junto aos clientes, a rede vai distribuir mais de 350 mil folders do “Passaporte Brasil”, anunciando os produtos em destaque e as atividades que serão realizadas, como degustações e encontros com chefs e especialistas brasileiros. Além da Baggio, o Café Cambraia, de Minas Gerais, também será comercializado pela rede.

Passar pela seleção feita pelos compradores da Central Market e integrar a promoção, de acordo com Silva, demonstra que a exportação de café industrializado brasileiro é possível, independente do tamanho da indústria. “Com determinação e esforço, conseguimos mostrar a seriedade do trabalho desenvolvido pela ABIC e transmitir segurança aos compradores. Além disso, contamos com o esforço das duas indústrias selecionadas, que trabalharam arduamente durante todo o processo, demonstrando ao cliente o mesmo compromisso feito pela ABIC”, explica o promotor comercial.

Para Liana Baggio Ometto, diretora comercial da Baggio Café, a conquista reflete mais uma vez o compromisso da empresa com a qualidade e com a melhoria da imagem do café do Brasil no exterior. “Sempre fomos ligados às questões de qualidade e queremos levar todo este conceito para que o Brasil seja reconhecido não apenas como o maior produtor de café, mas como o melhor”, finaliza. 

Deixe um comentário

Voltar a Blog